Com investimento de R$ 5 milhões Underberg inaugura nova fábrica no RJ

Nova planta fabril produzirá Brasilberg, grupo alemão fatura 300 milhões de euros por ano

Empresa alemã de gestão familiar, em sua quinta geração à frente do negócio, a Casa Underberg é referência no mercado mundial de bebidas a base de ervas. Desde o longínquo ano de 1846, seu digestivo, vendido na emblemática garrafa de 20ml, é o produto mais importante do grupo, estando presente em mais de 100 países.

O Brasil ganha destaque nessa história em 1932, com a chegada do Dr. Paul Underberg ao Rio de Janeiro. Neto do fundador Hubert Underberg, ele inciou a produção de uma nova bebida, o Brasilberg, a qual acrescentou ervas amazônicas.

No dia 11 de maio de 2018, aproxidamente 85 anos desde a construção da primeira fábrica na Tijuca, Rio de Janeiro(RJ), a marca dá mais um importante passo para seu crescimento no país, com a inauguração de uma nova sede em Miguel Pereira —Região Serrana do Rio de Janeiro—.

A nova fábrica ocupará um terreno de 11.500 m², com 2.100 m² de área construída. O espaço vai triplicar a capacidade de produção anual. Importante destacar que o Brasil é principal mercado do grupo fora da Europa.

“O produto brasileiro é de grande importância para nossa empresa, não à toa estamos investindo nessa nova linha de produção. Sua atuação no mercado externo é muito forte, com ótima aceitação principalmente pelo próprio povo alemão. A nova sede também abrirá caminho para que, em um futuro próximo, possamos produzir outros rótulos da Casa Underberg”, conta Marcus Rumen, diretor do grupo no Brasil.

Foram investidos aproximadamente R$ 5 milhões em Miguel Pereira, e o projeto prevê o replantio de cerca de 200 árvores nativas como forma de recompor a vegetação ao redor da construção e proteger o rio Cachoeirão com a restauração da mata ciliar que a rodeia.

Nova fábrica ocupa um terreno de 11.500 m², com 2.100 m² de área construída.

Uma maior produção da bebida também promete alavancar os números no Brasil. Atualmente, o Brasilberg é exportado para sete países: Alemanha, Suíça, Dinamarca, Noruega, Suécia, Uruguai e Paraguai.

Há também a intenção de expandir as vendas para novos países, porém, prioritariamente, o investimento reverterá para a ampliação das vendas nas praças já atuantes. A bebida está presente em todos os estados brasileiros, e o Sul (SC, PR e RS) e Sudeste (RJ e SP) correspondem ao maior número de consumidores.

Alinhado com a filosofia da empresa e para garantir a qualidade dos ingredientes, a aquisição das ervas aromaticas é proveniente de fontes sustentáveis e a extração de seus óleos essenciais vale-se de tecnologia farmacêutica de ponta.

A linha de produção utiliza água de fonte própria e conta com equipamentos modernos para minimizar o consumo de energia.

Outras iniciativas sustentáveis adotadas na nova construção foram o tratamento e reutilização de toda a água de processo para uso sanitário, para que não gere nenhum efluente; o uso de lâmpadas de LED, um projeto com teto e janelas que permite a entrada de luz para a operação da fábrica até às 17hs sem o uso de qualquer lâmpada; e o sistema de tratamento de esgoto sanitário por uso de biodigestor.

Atualmente, o montante de negócios de todas as empresas e marcas do grupo alemão é de cerca de 300 milhões de euros por ano.

Fonte – BVMI – Licio Melo – Imprensa Underberg

Dica do BVMI – Trabalhe na Underberg, acesse “Trabalhe Conosco”, envie seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

Dica de negócios – Clientes CityCorp já sabiam deste investimento com antecedência e já realizaram excelentes negócios na cadeia de fornecedores deste projeto. Conheça o Projeto OObi e venda com relacionamento, inteligência e rentabilidade no mercado industrial.

Dica de eventos – Participe de nossas palestras e treinamentos, acesse nossa Agenda OPEN e inscreva-se.

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: