Com investimento inicial de US$ 1 bilhão Sterlite vai quadruplicar investimento no Brasil

Companhia indiana irá instalar em São Paulo seu quartel-general na América Latina

O grupo indiano Sterlite Power, que no ano passado arrematou concessões para construir linhas de transmissão de energia no Brasil que devem demandar US$ 1 bilhão, avalia multiplicar por quatro o volume de investimentos em projetos no país nos próximos quatro anos, informou o presidente global da companhia.

Olhando melhores retornos e uma grande gama de oportunidades para investimentos no Brasil, a ideia da Sterlite é crescer rapidamente no país e usar também sua sede em São Paulo como base para uma futura expansão em outras partes da América Latina.

O mercado de transmissão de energia do Brasil tem atraído investimentos de gigantes globais, como a chinesa State Grid, maior elétrica do mundo, a francesa Engie e a portuguesa EDP, que tem a China Three Gorges como importante acionista e parceira estratégica.

Essas empresas aumentaram o apetite por negócios no setor principalmente a partir do ano passado, depois que o governo brasileiro elevou o retorno autorizado para os projetos de transmissão devido à necessidade de atrair novos empreendedores em meio a uma retração de investimentos da estatal Eletrobras, maior elétrica da América Latina.

Pratik Agarwal é o CEO global da Sterlite.

“Nós já nos comprometemos com US$ 1 bilhão (em projetos). E estamos abertos para ampliar isso em três ou quatro vezes nos próximos três ou quatro anos”, disse o CEO global da Sterlite, Pratik Agarwal, que está no país para conhecer melhor a cultura local e consolidar a presença da companhia.

A projeção de investimento está em linha com os aportes de US$ 1 bilhão por ano informados à Reuters anteriormente por uma fonte com conhecimento da estratégia da Sterlite.

Ele afirmou que a empresa tem estruturado uma equipe local e procura no momento um executivo experiente para assumir o comando das operações brasileiras e liderar uma expansão que poderá passar no curto ou médio prazo por incursões em outros países.

O investimento no Brasil é, por enquanto, o primeiro da Sterlite fora da Índia, embora a empresa tenha origem no Grupo Vedanta, com negócios em petróleo e gás, mineração e outros segmentos ao redor do mundo.

“São Paulo será nosso quartel-general na América Latina para olhar para além do Brasil”, disse.

Ele citou como países de potencial interesse a Argentina, o Chile, o México e, eventualmente, o Peru, e apontou que o avanço para esses mercados poderia acontecer em um período de um a três anos.

O executivo apontou ainda que, além de participar de leilões do governo para novos projetos, a Sterlite avaliará também eventuais aquisições como parte de sua estratégia no país.

Segundo o executivo, existe a possibilidade de que o uso dos helicópteros e outras inovações, como drones, sejam possíveis também em obras no Brasil, como um linhão de quase dois mil quilômetros que a companhia irá construir no Norte para ajudar a integrar ao sistema a produção da hidrelétrica de Belo Monte.

“Em áreas como o Pará, Tocantins e na Amazônia, onde é difícil levar o material, você pode conseguir reduzir o tempo do projeto”, disse.

Ele afirmou ainda que uma das características da Sterlite para privilegiar a inovação é a contratação de profissionais de diferentes setores, e não apenas da área de energia.

“Mais de 50% deles são de outros setores, como óleo e gás, tecnologia da informação, aviação… Pessoas que estão acostumadas a entregar coisas rapidamente e que pensam fora da caixa”, finalizou.

Fonte – BVMI – Forbes Brasil – Reuters

Dica do BVMI – Trabalhe na Sterlite Power, acesse “Career”, envie seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

Dica de negócios – Clientes CityCorp já sabiam desta movimentação de investimentos com antecedência e já realizaram excelentes negócios na cadeia de fornecedores deste projeto. Conheça o Projeto OObi e venda com relacionamento, inteligência e rentabilidade no mercado industrial.

Dica de eventos – Aprenda a VENDER no mercado Industrial, participe de nossas palestras e treinamentos, acesse nossa Agenda Opens e inscreva-se e venha aprender a faturar milhões no mercado industrial.

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: