Industrial, nada de perder o ponto de retomada.

Números indicam que este é o momento de surfar em um novo ciclo de reação em diversos setores industriais.

Existe um ditado popular simples que resume bem o atual momento de nossa indústria, “Camarão que dorme a onda leva“. Quem dormir agora será levado por um tsunami de mudanças claras que já estão acontecendo e estão fazendo toda a diferença em seus resultados futuros no mercado industrial.

Estamos iniciando um novo ciclo industrial a partir deste mês, os sinais de recuperação são nítidos. O volume produzido foi 1,4% maior que o de um ano antes. Foi o primeiro dado positivo, nesse tipo de confronto, após 34 meses consecutivos de resultados negativos.

O resultado final de 2016 foi uma queda de 6,6%. Essa perda selou um triênio que foi uma tragédia para todo o setor. A produção da indústria já havia caído 3% em 2014 e 8,3% em 2015. A produção da indústria ainda caiu 7,9% nos 12 meses completados em janeiro. A queda geral de 0,1% em relação a dezembro refletiu a baixa de 4,1% na fabricação de bens de capital – máquinas e equipamentos – e de 7,3% na produção de bens duráveis de consumo, como automóveis e eletroeletrônicos.

Cenário muda quando os números são comparados com os de janeiro de 2016.

Cenário muda quando os números são comparados com os de janeiro de 2016.

Este cenário muda completamente quando os números são comparados com os de janeiro de 2016. A variação é positiva para todas as grandes categorias, com aumentos de 3,3% para bens de capital, 0,8% para intermediários e 2,3% para bens de consumo (3,2% para duráveis e 2,1% para os semiduráveis e não duráveis). No total, a diferença é de 1,4%. O que isso indica? Que a retomada está no momento inicial, e isto força o gestor industrial a se movimentar de forma rápida.

Mas Licio, o que é mais importante para que minha indústria consiga surfar nesse momento favorável de retomada? Esta é a pergunta de um bilhão de dólares! O mais importante não é ter capacidade produtiva, qualidade, preços competitivos, isso é mandatório para qualquer indústria em qualquer setor. O que você precisa é ter uma equipe comercial, marketing e inteligência de mercado afinada, preparada e pró-ativa para aproveitar as novas oportunidades que estão surgindo diariamente em todos os cantos do País.

Estamos iniciando um novo ciclo industrial a partir deste mês, os sinais de recuperação são nítidos.

Estamos iniciando um novo ciclo industrial a partir deste mês, os sinais de recuperação são nítidos.

Todos os projetos com investidores industriais que temos em andamento aqui na empresa estão começando a sair da fase de stand-by, o horizonte está se abrindo e as reações de mercado indicam que teremos muito dinheiro estrangeiro a circular em novos investimentos industriais. As publicações em nosso Blog não me deixam mentir, temos bilhões em investimentos de diversos setores prontos para se materializar a partir deste mês de março.

Hoje dei uma entrevista para uma revista especializada do mercado industrial e um dos pontos mais destacados nas perguntas era: Como formar e motivar uma equipe de vendas industriais?

A resposta é a mesma que repito há décadas, não se motiva vendedores industriais, você FORMA vendedores industriais. Este é um profissional totalmente diferenciado, que está inserido em um ambiente de negócios totalmente diferenciado e assim sendo deve ter uma formação diferenciada. Outra questão corriqueira é: Como as indústrias que são clientes da CityCorp conseguiram resultados de crescimento, algumas acima de 15% em meio a brutal crise ocorrida nos últimos 3 anos?

Simples, nossos clientes formam equipes comerciais baseadas em fundamentos que aprimoramos diariamente e entre alguns deles estão a fundamentação técnica, perfil agressivo e pró-ativo, o vendedor industrial deve estar a par de todos os movimentos do mercado industrial e saber onde está o dinheiro na indústria, aplicando técnicas para extrair os melhores resultados, atingindo suas metas e levando sua marca industrial a um novo patamar de share.

Minha sugestão? Aplique hoje o cronograma de High Performance em Vendas Industriais em sua empresa, não deixe sua indústria ser levada pela onda, surfe nela, não fazemos apenas a capacitação técnica em vendas industriais. Hoje aplicamos um Padrão de Vendas Industriais (PVI) que se integra a sua estratégia comercial, acompanhando mês a mês os resultados na busca do aumento real e gradual de vendas expandindo de forma concreta sua participação de mercado.

Nossos clientes não vendem produtos industriais, eles aprenderam conosco que suas equipes devem vender projetos com alta escalabilidade e rentabilidade criando um ambiente de crescimento sustentável para seu negócio. Entre em contato com minha equipe, agende comigo uma reunião, venha surfar nessa nova onda de crescimento industrial e vamos ganhar dinheiro juntos neste novo ciclo.

Desejo a todos excelentes Vendas Industriais e até o próximo artigo.

Licio Melo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: