Melitta confirma investimento de 8 milhões em nova fábrica de café em MG

Nova planta deverá entrar em operação no segundo semestre de 2018

O Grupo Melitta, multinacional alemã especialista em café e presente no país há 49 anos, confirmou ao BVMI na manhã desta sexta-feira que aprovou a construção de sua quarta unidade no Brasil, com investimento inicial de mais de R$ 8 milhões de reais no Sul de Minas Gerais, principal Estado cafeeiro do país.

A expectativa é gerar faturamento próximo a 200 milhões de reais nos próximos quatro anos a partir da unidade a ser instalada em Varginha, confirmou a empresa alemã.

A estratégia da companhia é expandir negócios de café torrado e moído em Minas Gerais, disse a empresa.

Marcelo Del Nero Barbieri é o Presidente da Melitta para a América do Sul.

Marcelo Del Nero Barbieri é o Presidente da Melitta para a América do Sul.

A nova fábrica deve entrar em operação no segundo semestre de 2018, confirmou a empresa.

O aporte da multinacional no mercado de Minas Gerais foi iniciado em abril deste ano, com a aquisição da marca Café Barão.

A aquisição da marca, pertencente ao Grupo Mogyana, teve como principal objetivo a ampliação dos negócios em Minas Gerais, mantendo a estratégia da companhia de expandir sua presença nos lares brasileiros.

“Foi o primeiro passo para fortalecer as nossas marcas e acelerar o nosso crescimento em Minas Gerais e no Brasil”, comentou o presidente da Melitta para a América do Sul, Marcelo Del Nero Barbieri, lembrando que o executivo é sucessor de Bernardo Wolfson, que ficou 13 anos à frente das operações da fabricante no Brasil.

Antes de assumir a nova função, Barbieri ocupava o cargo de diretor de Vendas da Melitta South América. Marcelo está na Melitta desde 1998 e tem vasta experiência administrativa e comercial, ele complementa a operação de investimento:

“Identificamos um forte potencial de crescimento para a marca Melitta, para toda a nossa linha de produtos e especificamente para a marca mineira Barão”, acrescentou.

A Melitta do Brasil representa o segundo maior faturamento do grupo em todo o mundo, atrás somente da matriz na Alemanha. A multinacional chegou ao Brasil em 1968.

Oito anos depois, adquiriu a fábrica Celupa, em Guaíba (RS), onde passou a produzir seus filtros de papel, produto com o qual a empresa é líder no país. Em 1980, construiu sua primeira torrefadora na cidade de Avaré (SP). Em 2006, adquiriu o Café Bom Jesus, torrefadora de Bom Jesus (RS).

Fonte – BVMI – Licio Melo – Reuters

Dica do BVMI – Trabalhe no Grupo Melitta, acesse “Trabalhe Conosco”, veja as oportunidades em aberto, cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: