Neo Rodas investe R$ 3 milhões em Vinhedo-SP

Investimento é parte de um pacote total de R$ 10 milhões

A Neo Rodas investirá cerca de R$ 3 milhões na aquisição e instalação do equipamento Zwarp Test, voltado a testes de fadiga bidirecionais e destinado à homologação de novos produtos. O anúncio ocorre dias depois de a fabricante completar seu primeiro ano de operação, em 1º de outubro.

O investimento na fábrica, em Vinhedo (SP), faz parte de um pacote de R$ 10 milhões previsto até 2018. O equipamento deve entrar em operação no primeiro trimestre do ano que vem.

Parque fabril tem capacidade instalada para 4 mil unidades por dia.

Parque fabril tem capacidade instalada para 4 mil unidades por dia.

“Atualmente, como não existe uma máquina similar disponível no Brasil ou em regiões próximas, a cada desenvolvimento as rodas devem ser enviadas à Europa, geralmente Alemanha, onde são realizados testes em laboratórios homologados pelas montadoras, ou nas próprias montadoras”, afirma o diretor de operações da empresa, Ivens Pantaleão.

“Além do ganho financeiro, o mais significativo estará na resposta rápida aos clientes e na redução dos prazos de desenvolvimento. Hoje, além do tempo de envio das amostras, temos de negociar as ‘janelas’ de teste com os laboratórios, que são bastante concorridos”, recorda o executivo.

A fábrica da Neo Rodas atua no segmento de rodas automotivas de alumínio exclusivamente para o mercado original. Fornece para montadoras de veículos leves e utilitários instaladas no Brasil e no Mercosul como Volkswagen, General Motors, Caoa Hyundai, Mitsubishi, BYD e Lifan.

A Neo Rodas é uma empresa nova, que surgiu em 2016, mas com um DNA tradicional, pois nasceu a partir da aquisição de uma histórica fabricante de rodas, atuante no mercado original desde o ano de 2004, quando os então acionistas da empresa alteraram seu foco estratégico, passando a atuar junto às montadoras instaladas no Brasil e a fazer os investimentos visando volumes mais significativos de produção e vendas.

Até 2004, a unidade fabricava as rodas com as famosas marcas Rodão e Binno, com foco no mercado de aftermarket, sendo a principal empresa nacional no segmento, além de ter fornecido as rodas da Stock Car brasileira por alguns anos, o que atesta a alta capacidade técnica da empresa e de seu parque produtivo.

Em 2017 a empresa investiu R$ 5 milhões em uma nova célula de usinagem que elevou sua capacidade produtiva de 3mil para 4 mil rodas por dia. No primeiro semestre a empresa registrou alta de 30% nas vendas sobre o mesmo período do ano passado.

Fonte – BVMI – Licio Melo – REDAÇÃO AB

Dica do BVMI – Trabalhe na Neo Rodas, acesse “Contato e selecione TRABALHE CONOSCO”, veja as oportunidades em aberto, cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

 

Compartilhe essa notícia com seus contatos: