Siemens Gamesa fecha contrato de R$ 316 milhões com CPFL

Contratação substitui a empresa indiana Suzlon

A CPFL Renováveis, companhia do Grupo CPFL, confirmou ao BVMI a contratação da Siemens Gamesa para prestação de serviços de manutenção e operação (O&M) de seus parques eólicos no Ceará, substituindo a empresa indiana Suzlon, seguindo a recomendação aprovada em reunião do Conselho de Administração da holding cuja ata foi divulgada ontem.

O contrato com a Siemens Gamesa terá valor nominal de até R$ 316,5 milhões. Foi aprovado também um plano de recuperação proposto pela Siemens Gamesa, com valor nominal de R$ 73,8 milhões.

Você acompanhou no Blog que ainda no final de julho a companhia dinamarquesa Vestas e a Siemens Gamesa estavam na disputa por contratos de operação e manutenção da Suzlon no Brasil, após o grupo indiano de produção de turbinas eólicas ter anunciado o fim das operações de sua subsidiária no país.

A CPFL Energia também aprovou a outorga de garantia de até R$ 3,176 bilhões, por meio de aval ou fiança da holding, para financiamento de todas as suas subsidiárias.

Markus Tacke que é CEO Global da Siemens Gamesa confirmou que a empresa já é líder no mercado de energia renovável, mas temos muito trabalho à nossa frente.

Markus Tacke é CEO Global da Siemens Gamesa.

Markus Tacke é CEO Global da Siemens Gamesa.

Nossas prioridades são claras: entregando nossos projetos, ganhando novos negócios e criando uma cultura de empresa focada em excelência em engenharia e gerenciamento de custos vigoroso.

Ele finaliza informando que os clientes da Siemens Gamesa se beneficiam do portfólio de produtos mais abrangente no mercado de energia eólica e nossa pegada global.

A complementaridade do nosso know-how e experiência técnica garante tecnologia de classe mundial, que resulta em reduzir o custo da energia.

As operações do novo contrato deverão ser viabilizadas com empréstimos em moeda estrangeira, emissão de debêntures ou outras operações de capital de giro até o limite de valor autorizado, segundo recomendação da companhia às suas controladas.

As operações a serem contratadas envolverão até R$ 1,4 bilhão para a controlada CPFL Paulista, R$ 696 milhões para a RGE, R$ 215 milhões para a CPFL Piratininga e R$ 221 milhões para a RGE Sul, todas de distribuição de eletricidade, além de R$ 191 milhões de reais para a CPFL Geração.

A companhia prevê ainda até R$ 116 milhões para sua unidade de comercialização, CPFL Brasil, e R$ 54 milhões para a unidade CPFL Serviços.

Fonte – BVMI – Licio Melo – Reuters

Dica do BVMI – Trabalhe na Gamesa Corp., acesse “HUMAN CAPITAL”, veja as oportunidades em aberto, cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: