Tramontina investe R$ 130 milhões em nova fábrica em PE

Unidade vai funcionar no município de Moreno e gerar 200 empregos diretos

A Tramontina vai investir R$ 130 milhões para a construção de uma fábrica de produtos de porcelana de mesa no município de Moreno, na região metropolitana do Recife. Será a estreia da empresa no segmento. A previsão é que a fábrica comece a ser construída no segundo semestre do próximo ano e as operações se iniciem em 2021.

A empresa, tradicional no segmento de utilidades para lar, vinha estudando há mais de dois anos a entrada no segmento de porcelana para complementar seu portfólio. Os aparelhos de jantar a serem produzidos em Pernambuco vão abastecer o mercado local e serão exportados para países da América do Sul, Central e Caribe, a partir do porto de Suape.

Clovis Tramontina é o presidente da empresa

Clovis Tramontina é o presidente da empresa

O acordo para execução do investimento foi firmado ontem entre o presidente da empresa, Clovis Tramontina, e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

Com a instalação da fábrica, Pernambuco entra para o mapa da fabricação de porcelana de mesa no Brasil, tradicionalmente concentrado nas regiões Sul e Sudeste do País. Hoje as maiores fabricantes de louça de mesa do País (Porcelana Schmidt e Cerâmica Oxford) têm fábricas em Santa Catarina.

A mudança de rota dessa indústria se dá em função de uma série de fatores, que incluem política de incentivo fiscal, oferta de mão de obra, disponibilidade de matéria-prima no Nordeste e a uma história de 18 anos da Tramontina com o Estado.

“Estamos desenvolvendo esse projeto de entrar no mercado de porcelana de mesa há mais de dois anos e meio. Com esse novo segmento complementamos nosso portfólio de utilidades para o lar, que já conta com panelas, talheres e móveis de plástico.

A indústria vai funcionar numa área de 40 mil metros quadrados no terreno da fábrica de móveis que inauguramos em janeiro deste ano em Moreno e terá capacidade para fabricar 7 mil toneladas de produtos por ano”, detalha Rui Baldasso, diretor executivo da Tramontina Delta (braço da empresa no Estado). A produção local será dedicada ao mercado interno e também seguirá para exportação nas Américas do Sul, Central e Caribe, a partir do Porto de Suape.

Fonte – BVMI – Licio Melo – Jornal do Commercio

Dica do BVMI – Trabalhe na Tramontina, acesse “Trabalhe Conosco”, veja as oportunidades em aberto, cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: