ZEN investirá R$ 36 milhões em processos de manufatura

Projeto vai promover comunicação entre máquinas e equipamentos

A Zen S.A. confirmou investimento de R$ 36 milhões nos próximos três anos em processos de manufatura alinhados à indústria 4.0. O investimento será utilizado na compra de equipamentos e na interligação e comunicação das máquinas com essas tecnologias.

Nos últimos quatro anos a companhia já havia aplicado R$ 40 milhões em renovação de maquinário. “Desde 2013 a ZEN passa por uma transformação para encarar essa nova realidade. Na primeira etapa, até 2015, nos organizamos para reduzir as instabilidades do processo produtivo. Do ano passado até agora estamos promovendo uma verdadeira mudança no layout da fábrica”, explica o diretor industrial da companhia, Eduardo Bertolini.

“Tudo irá funcionar de acordo com o fluxo de materiais e fabricação das peças. A sequência seguirá uma lógica que permitirá que a produção seja mais rápida e eficiente. Nosso plano diretor prevê que a reorganização da unidade esteja concluída até 2020”, diz Bertolini.

Eduardo Bertolini é o diretor industrial da companhia.

Eduardo Bertolini é o diretor industrial da companhia.

Hoje a empresa conta com dez robôs capazes de trabalhar conectados, já preparados para serem integrados e se comunicarem. Também foram feitos investimentos em sistemas automáticos de montagem com dispositivos autônomos de identificação de falhas, que se comunicam com o cérebro da máquina, garantindo informações e estatísticas do processo.

Essas tecnologias foram implantadas nos processos de conformação, usinagem e retífica e nas linhas de montagem de impulsores de partida e polias para o mercado original. Nestes dois últimos setores os equipamentos são capazes de identificar as dimensões da peça e checar se houve falta ou troca de componentes. Quando ocorre um problema a peça é segregada.

“Todos os dados são armazenados num banco que nos permite rastrear o processo e agir preventivamente para evitar desvios de produção”, afirma o executivo. De acordo com Bertolini, a modernização da fábrica aumentou a produtividade em 45% nos últimos quatro anos e o índice de satisfação do cliente, que era de 77% em 2013, saltou para os atuais 94%.

A ZEN fica em Brusque (SC). Fabrica de impulsores de partida, polias de alternador, tensores de correias, mancais de alternador e planetárias, além de componentes conformados a frio utilizados em sistemas de transmissão e freio ABS de automóveis e caminhões. A empresa fornece para montadoras e mercado de reposição na América do Sul, América do Norte, Europa, Ásia e África.

Fonte – BVMI – Licio Melo – REDAÇÃO AB

Dica do BVMI – Trabalhe na ZEN S.A., acesse “Time ZEN”, veja as oportunidades em aberto, cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: