Com R$ 100 Milhões Indemil vai construir nova fábrica no Paraná

Nova Unidade de produção vai gerar 620 empregos e deve entrar em funcionamento no próximo ano

Processadora de milho com sede em Paranavaí, a Indemil confirmou ao BVMI que irá investir R$ 100 milhões em uma nova fábrica para a produção de ácidos orgânicos na região.

A nova unidade no Noroeste do Paraná deve começar a funcionar no primeiro semestre de 2019 e gerar pelo menos 140 novos empregos diretos e 480 empregos indiretos.

Os ácidos orgânicos podem ser utilizados em diversos produtos, incluindo ração animal -um dos produtos oferecidos pela empresa, que produz também molhos de soja, balas, entre outros alimentos.

A confirmação da nova fábrica, realizado pelo diretor-presidente da Indemil, Eizo Miyamoto, contou com a participação de autoridades políticas, incluindo o governador Beto Richa e o prefeito de Paranavaí, Carlos Rossato.

Governador Beto Richa com Eizo Miyamoto diretor-presidente da Indemil no lançamento da pedra fundamental da nova fábrica.

Governador Beto Richa com Eizo Miyamoto diretor-presidente da Indemil no lançamento da pedra fundamental da nova fábrica.

A presença das autoridades reforçou a participação da companhia no programa de incentivo fiscal Paraná Competitivo. “Mas também fizemos a parte do governo, com investimentos em estradas, no porto de Paranaguá, em energia e saneamento. Tudo isso contribuiu para esse novo momento, em que o Paraná que vive o maior ciclo industrial de sua história”, afirmou Richa.

A política do Governo do Estado, disse o diretor-presidente da Indemil, Eizo Miyamoto, criou condições para investimentos no Estado. “O Paraná Competitivo é fundamental para que empreendedor se sinta seguro”, disse ele.

A nova fábrica terá capacidade de produção de 22 mil toneladas por ano de ácido cítrico, largamente utilizado na indústria de alimentos e também em indústrias têxteis, curtumes, siderúrgicas, produtos farmacêuticos e de higiene pessoal, além de cosméticos.

Segundo Miyamoto, hoje 20 mil toneladas de ácido cítrico são importadas pelo Brasil. “Vamos suprir essa falta. O Paraná vai ser exportador também.

Uma empresa como essa trará desenvolvimento regional, pois vai necessitar de matéria prima, de técnicos na área de automação industrial, engenheiros químicos, administradores em diversas áreas”, explicou.

A Indemil é atualmente uma das principais processadoras de milho do país e referência no mercado de derivados de mandioca para industrias.

A empresa possui atualmente duas unidades, conta com quase 600 colaboradores diretos e 3 mil indiretos, além da nova fábrica. “Isso vai trazer ainda mais riqueza para o município, que é polo regional e concentra boa parte dos trabalhadores”, concluiu o prefeito.

Fonte – BVMI – PARANÁ INFORMA

Dica do BVMI – Trabalhe na INDEMIL, acesse “Trabalhe conosco”, veja as oportunidades em aberto, cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: