Com receita de R$ 1,22 bilhões Tupy registra maior faturamento da história

Mercado externo representou 83% das vendas no segundo trimestre e lucro de R$ 48 milhões cresce três vezes

Maior fundição de blocos de motor do País, a Tupy apurou no segundo trimestre o maior faturamento de sua história, ao totalizar R$ 1,22 bilhão, valor 32,3% maior do que o obtido no mesmo período do ano passado.

De maneira geral, a companhia informou resultados que demonstram crescimento expressivo no segundo quarto de 2018. A rentabilidade acompanhou a expansão das receitas.

O lucro líquido somou R$ 48,3 milhões, três vezes o montante observado entre abril e junho de 2017 (R$ 15,9 milhões). O EBITDA ajustado (lucro antes de impostos, despesas financeiras e depreciação de ativos) atingiu R$ 180,8 milhões, em crescimento de 70,9% ante o mesmo período do ano anterior, com margem de 14,8%. Excluindo impactos ocasionados pela greve dos caminhoneiros, a margem EBITDA foi de 16% no trimestre.

A geração de caixa operacional de R$ 162,4 milhões foi a maior da história da companhia catarinense em um segundo trimestre, correspondente a aumento de 110,5% na comparação com idêntico intervalo de 2017. O retorno sobre o capital investido ficou em 10,2%.

“A economia global continua forte, impactando positivamente setores que temos grande exposição, como mineração, construção residencial e não residencial e extração de petróleo, entre outros”, afirmou Fernando de Rizzo, presidente da Tupy, para explicar o expressivo aumento de receitas.

Ele também destacou o aumento da rentabilidade: “Nos últimos 12 meses desenvolvemos uma série de ações com o objetivo de melhorar nossa eficiência operacional e alocação de capital que acarretaram no aumento da rentabilidade observada neste trimestre. Essa mudança é planejada e se refere à estratégia de otimização dos investimentos, com foco no aumento do retorno sobre o capital investido”, informou.

As exportações continuam a representar por larga margem a maior fonte de receitas da Tupy. O mercado externo representou 83% das vendas no segundo trimestre, com aumento de 33,7% no faturamento na comparação com 2017, decorrente do crescimento em todos os segmentos atendidos pela fundição no exterior, notadamente transporte, infraestrutura e agricultura.

Os negócios com clientes na América do Norte representaram 65% da receita externa da companhia. Américas do Sul e Central representaram 18% e a Europa, 11,4%. Os demais 5,6% vieram da Ásia, África e Oceania.

No mercado interno, o faturamento cresceu 25,5%, graças especialmente ao aumento das vendas de veículos comerciais, de 47,4% no período.

Em 24 de agosto de 2018, a Tupy pagará aos acionistas juros sobre capital próprio no montante de R$ 37,5 milhões. Conforme aprovado anteriormente pelo conselho de administração, em todo o exercício de 2018 serão distribuídos R$ 150 milhões, no mínimo, distribuídos trimestralmente. A primeira parcela trimestral foi paga em 25 de maio passado.

Fonte – BVMI – REDAÇÃO AB

Dica do BVMI – Trabalhe na Tupy, acesse “Trabalhe Conosco”, envie seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

Dica de negócios – Clientes CityCorp acompanham os investimentos de empresas com este perfil com antecedência, antecipando assim excelentes negócios na cadeia de fornecedores formada para atender estas oportunidades. Conheça o Projeto OObi e venda com relacionamento, inteligência e rentabilidade no mercado industrial.

Dica de OURO – Aprenda a VENDER no mercado Industrial, leve para sua empresa no formato In Company o HPIS – HIGH PERFORMANCE INDUSTRIAL SALES e com uma metodologia exclusiva de vendas faça seu negócio faturar milhões.

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: