GreenYellow confirma investimento de R$ 200 milhões em energia solar

Obras terão início em agosto e somente nas duas novas unidades, serão investidos R$ 40 milhões gerando 70 empregos diretos

O BVMI confirmou que a GreenYellow, companhia de origem francesa, vai construir duas usinas solares em São Paulo, indicativo de que a empresa está entrando no mercado de energia brasileira com força total.

De acordo com o presidente da GreenYellow no Brasil, Pierre-Yves Mourgue, a companhia vai investir cerca de R$ 200 milhões em energia solar neste ano e o interior de São Paulo é uma região estratégica neste planejamento.

“A obra deve gerar mais de 70 empregos e as obras devem ser iniciadas em agosto”, revelou.

Somente nas duas novas unidades, serão investidos R$ 40 milhões. Mourgue ainda detalha que a expectativa é aumentar cerca de 6 vezes a potência instalada atual da empresa no Brasil até final do ano.

O executivo ainda acrescenta que o país é um mercado muito representativo para o Grupo GreenYellow, não só em energia solar, mas também no setor de eficiência energética.

“Com novos contratos fechados neste semestre, a previsão é atingir o marco de mais de 1200 projetos de eficiência energética”, disse.

A GreenYellow é especializada em gestão de energia, com o objetivo de gerar economia de energia a seus clientes. Com presença em 7 países, a GreenYellow possui mais de 1400 projetos de Eficiência Energética e 120 MWp de projetos de geração solar distribuída.

No Brasil desde 2013, conta com um portfólio de mais de 900 projetos de eficiência energética e oito plantas solares construídas.

A empresa visa oferecer a cada um de seus clientes, através de uma relação mutuamente benéfica, soluções sustentáveis de eficiência energética, contribuindo para competitividade de seu negócio, e lhe permitindo atuar com total propriedade em sua especialidade.

O objetivo da empresa é liderar os mercados de eficiência energética e geração distribuída na América Latina, sendo reconhecida como referência, em termos de qualidade, na implantação de projetos de alto valor agregado para os clientes.

A GreenYellow é dedicada ao Energy Management e tem como objetivo reduzir o consumo de energia de seus clientes, utilizando um programa global e multisserviços com diferentes soluções energéticas.

A companhia acaba de obter a homologação de suas plantas fotovoltaicas pela I-REC (Internacional REC Standard), organização internacional que estabelece padrões globais de rastreamento de atributos ambientais de energia. O REC é um certificado de energia limpa reconhecido mundialmente.

No Brasil, a certificação é concedida pelo Instituto Totum desde 2016. A certificação à GreenYellow foi obtida para a usina fotovoltaica Tucana de 4,3 MW de potência, localizada no município de Jaíba em Minas Gerais, e para os sistemas instalados em oito telhados da atacadista Assaí, em unidades localizadas no Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso, Paraná e Pará.

“É uma grande conquista, porque reconhece nossa dedicação a produzir energia renovável, preservando ao máximo o meio ambiente. Os nossos clientes ganham assim um selo de sustentabilidade, comprovando sua menor emissão de carbono”, comemora o diretor-presidente da GreenYellow.

Ainda de acordo com Pierre, a GreenYellow é o player nacional no segmento de energia solar que hoje detém 9 das 10 usinas fotovoltaicas certificadas no Brasil.

“Conseguimos emitir certificados de energia renovável para toda a produção gerada a partir de 8 de maio de 2018 no que tange nossas plantas fotovoltaicas sob a modalidade de geração distribuída, de pequeno e médio porte, sem CNPJ próprio ou registro na CCEE, e para sistemas alugados a terceiros – algo novo para os padrões do Instituto Totum”, destaca Mourgue.

Normalmente, o certificador nacional homologa usinas centralizadas, muitas delas eólicas, com CNPJ próprio, cadastro da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e na ANEEL, cuja documentação oficial é facilmente obtida.

Isso reforça a cultura da GreenYellow em buscar a excelência na gestão dos ativos da companhia.

FonteBVMI

Dica do BVMI – Trabalhe na GreenYellow do Brasil, acesse “GreenYellow LK”, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

Dica de negócios – Clientes CityCorp já faturaram no primeiro semestre de 2019 mais de US$ 614 milhões. Eles já sabiam destes investimentos com antecedência, tinham em mãos quem eram as pessoas responsáveis pelos projetos, agilizando o contato assertivo (com os decisores) e já estão realizando rentáveis negócios na cadeia de novos fornecedores formada para atender as necessidades destas novas usinas solares. Este e mais de 18 mil investimentos industriais estão à disposição de nossos clientes ativos, conheça o Projeto OObi e venda com relacionamento, inteligência e rentabilidade no mercado industrial.

Dica de OURO – Aprenda a VENDER no mercado Industrial, leve para sua empresa no formato In Company o HPIS – HIGH PERFORMANCE INDUSTRIAL SALES e com uma metodologia exclusiva de vendas faça seu negócio faturar milhões.

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: