Madero confirma novo investimento de R$ 160 milhões em fábrica

Confirmação ocorre após acordo do Grupo com o Carlyle Group, que aportou R$ 700 milhões na empresa

O BVMI confirmou a compra de parte do Grupo Madero pelo fundo de investimento norte-americano Carlyle Group. Paulo Carbonare diretor de marketing do grupo informou que a transação foi de R$ 700 milhões, o que corresponde a 23,3% das ações da rede, que foi avaliada por R$ 3 bilhões.

A empresa possui sua sede fabril em Ponta Grossa, que será diretamente impactada com a transação: a assessoria de imprensa confirmou que um aporte de R$ 160 milhões está previsto para a unidade no município.

A fábrica é responsável por mais de 90% de todos os produtos comercializados nos mais de 130 restaurantes da rede em todo o país e, inclusive, os fora do Brasil.

O investimento anunciado é maior que os R$ 120 milhões revelados em julho do ano passado, previstos para serem aportados até o final deste ano. A principal aquisição será de uma nova máquina para fabricação de pães.

Com o novo equipamento, em operação no mês de julho, o produto continua com a mesmas características, mas será padronizado.

“Nosso objetivo é melhorar ainda mais a qualidade do pão entregue ao nosso cliente”, comenta Junior Durski, fundador do Madero.

A Cozinha Central, como é chamada a fábrica na cidade, contará com uma câmara de produtos congelados e resfriados robotizada.

“Estamos entusiasmados em fazer parceria com a Carlyle, uma empresa que combina experiência em investimentos em restaurantes ao redor do mundo com um profundo conhecimento do mercado varejista brasileiro. Este será um recurso valioso à medida que executamos nossa estratégia de crescimento”, disse Junior Durski.

Ele ainda antecipou que metas ambiciosas foram estabelecidas, e que o grupo está empolgado com o fato de a Carlyle ser a parceira para a próxima etapa da jornada da empresa.

Jay Sammons, Diretor Executivo e Chefe Global de Consumo e Varejo da Carlyle, afirmou estar empolgado em aplicar a significativa experiência da empresa em restaurantes e consumidores para apoiar a equipe liderada pelo chef Junior Durski.

“O Madero construiu uma marca e um modelo de negócios diferenciados, utilizando tecnologia orientada para o consumidor e alavancando as melhores operações da empresa para servir comida excelente a milhões de clientes satisfeitos em todo o Brasil”, alegou.

“Estamos totalmente alinhados com o plano de crescimento que Junior Durski e a sua equipe administrativa estão buscando. Estamos entusiasmados com as oportunidades futuras”, concluiu Fernando Borges, diretor administrativo e chefe do Grupo de compras da Carlyle na América do Sul.

Importante lembrar no entanto que a operação ainda está sob a avaliação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O BVMI também confirmou a destinação dos investimentos diretos, do valor a ser aportado na empresa, a maior parte, cerca de R$ 520 mil, será aplicado na companhia, para pagar dívidas – entre elas, as da emissão de debêntures da gestora HSI.

O restante será destinado para expansão do grupo, cujo plano prevê a inauguração de 53 novos restaurantes em diversos estados brasileiros, incluindo o Pará, o primeiro da região norte.

O maior detentor de ações da empresa é Junior Durski, fundador do Grupo, nascido em Prudentópolis, na Região dos Campos Gerais, e que por um tempo morou em Ponta Grossa – e que trouxe para o município a indústria há alguns anos.

FonteBVMI – Licio Melo – Rede Paraná Notícias Ltda

Dica do BVMI – Trabalhe no Grupo Madero, acesse “Trabalhe Conosco”, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

Dica de negócios – Clientes CityCorp já faturaram no primeiro mês de 2019 mais de US$ 142,5 milhões. Isto porque já sabiam deste investimento com antecedência e estão realizando excelentes negócios na cadeia de fornecedores formada para atender as necessidades desta nova planta fabril. Este e mais de 18 mil investimentos industriais estão à disposição de nossos clientes ativos, conheça o Projeto OObi e venda com relacionamento, inteligência e rentabilidade no mercado industrial.

Dica de OURO – Aprenda a VENDER no mercado Industrial, leve para sua empresa no formato In Company o HPIS – HIGH PERFORMANCE INDUSTRIAL SALES e com uma metodologia exclusiva de vendas faça seu negócio faturar milhões.

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: