Start confirma nova fábrica e quer gerar mil novas vagas

Nova planta industrial terá cerca de 240 mil metros quadrados

Em meio a recessão da economia e com mais de três mil itens de fabricação própria, a indústria mineira Start consegue se destacar no cenário nacional, levando para as donas de casa produtos de qualidade e com preços acessíveis.

A empresa, que começou armazenando em garrafas de refrigerante os produtos de limpeza fabricados artesanalmente, segue crescendo na crise.

A meta dos irmãos Pergher é ter a empresa entre as cinco maiores do segmento de produtos de limpeza do Brasil, em cinco anos.

“Apesar de a Start ter marcas muito bem posicionadas no mercado, reconhecemos que há muito que caminhar, pelo tamanho do País em que vivemos, pela quantidade de oportunidades que ainda há e pela vontade de crescer que temos”, disse Fábio Pergher, presidente da Start.

Para cumprir essa meta, a Start planeja a construção de uma nova fábrica em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Segundo o diretor de marketing da empresa, Marcos Pergher, a nova fábrica deve ser inaugurada até 2021, mas, ainda, sem data definida e, deve aumentar em cinco vezes a capacidade de produção da indústria, que hoje é de 16 mil toneladas por mês.

“Essa nova fábrica será muito mais tecnológica e terá 240 mil metros quadrados. Com ela, nossa capacidade de produção será quintuplicada e serão gerados cerca de mil novos empregos”, disse.

Pergher afirma que a expectativa da empresa é crescer em faturamento cerca de 22% em relação ao ano passado. “Para isso, vamos apostar em acrescentar 60 novos itens em nosso portfólio. Além disso, vamos contratar novos gerentes e aumentar o número de representantes comerciais onde identificamos que temos capacidade de crescimento”, acrescenta o diretor de marketing.

A Start celebrou 30 anos de existência em 2017 e tem como meta estar entre as cinco maiores do segmento de produtos de limpeza nos próximos anos.

Ela oferece soluções com produtos de qualidade e preços menores. A estratégia dos irmãos Pergher é preencher a lacuna deixada pela crise econômica nos supermercados.

“Oferecemos soluções para a dona de casa que, em tempos de recessão, busca preços menores, sem abrir mão da qualidade. Embora esteja entre marcas de categoria B-C em termos de preço, nosso produto tem padrão de qualidade aceito por quem consome marcas de categoria A-B”, finaliza Marcos Pergher.

FonteBVMI – Dino

Dica de negócios – Clientes CityCorp já sabiam deste investimento com antecedência e já estão realizando excelentes negócios na cadeia de fornecedores que está sendo formada para atender as necessidades desta nova planta fabril. Este e mais de 16 mil investimentos industriais estão à disposição de nossos clientes ativos, conheça o Projeto OObi e venda com relacionamento, inteligência e rentabilidade no mercado industrial.

Dica de OURO – Aprenda a VENDER no mercado Industrial, leve para sua empresa no formato In Company o HPIS – HIGH PERFORMANCE INDUSTRIAL SALES e com uma metodologia exclusiva de vendas faça seu negócio faturar milhões.

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: