Stihl confirma investimento de R$ 300 milhões no RS

Parte do investimento será destinado à construção de um novo prédio

A Stihl investirá R$ 300 milhões durante os próximos três anos – entre 2018 e 2020 – na fábrica localizada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. O valor foi confirmado ao governador do estado do RS José Ivo Sartori pelo presidente da Stihl no Brasil, Cláudio Guenther, em encontro realizado na sede da empresa na Alemanha, o BVMI checou e validou a informação.

O investimento é destinado para as áreas de inovação, pesquisa e desenvolvimento, expansão das linhas de produção, automação industrial, tecnologia e novos prédios.

O presidente da Stihl Brasil, Cláudio Guenther, destacou que esse é um sinal de confiança do grupo em sua planta brasileira. “Um investimento dessa magnitude, em meio ao atual contexto da economia brasileira, ressalta a solidez da Stihl no mercado, desenvolvendo a qualidade e a inovação de seus produtos. A empresa tem uma estratégia de investimentos de longo prazo. As crises vêm e vão e precisamos estar preparados para a retomada do crescimento do mercado brasileiro, que, certamente, virá”, salientou.

O presidente da Stihl no Brasil, Cláudio Guenther, confirmou investimento na fábrica de São Leopoldo. Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

O presidente da Stihl no Brasil, Cláudio Guenther, confirmou investimento na fábrica de São Leopoldo. Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Selina Stihl, que atuou como vice-presidente das áreas administrativa e financeira do grupo no Brasil por cinco anos, enfatizou os laços estreitos com a fábrica no Rio Grande do Sul.

“Em 1973, quando a noção de globalização ainda não era tão difundida, o grupo Stihl fundou a planta de produção em São Leopoldo. E no Brasil, podemos observar o desenvolvimento dos negócios do grupo, no geral, muito encorajador nas últimas décadas”, relatou.

Trinta por cento dos investimentos anunciados serão destinados à construção de um novo prédio de desenvolvimento, com instalações modernas, conforme padrão da matriz na Alemanha. Também será construído um segundo prédio para linha de produção de motores, com conceito de indústria limpa.

A empresa alemã começou as atividades de serviços de engenharia no Brasil em 2012 quando implementou o primeiro Centro de Competência de Cilindros (CCC), para exclusivo desenvolvimento do componente para fornecimento mundial. “Adicionalmente às pesquisas realizadas com universidades nacionais, foi necessário pensar em um espaço mais amplo a fim de comportar e cumprir todos os objetivos que a empresa tem pela frente”, informou o presidente.

Atualmente a Stihl lidera o mercado brasileiro de ferramentas motorizadas portáteis, com um mix completo de produtos de alta qualidade e durabilidade. Com produtos destinados ao mercado florestal, agropecuário, construção civil, jardinagem profissional, limpeza e conservação e doméstico, a empresa oferece uma ampla linha de ferramentas motorizadas portáteis que podem ser encontradas em mais de 3 mil pontos de venda distribuídos pelo Brasil. No país, a Stihl está localizada em São Leopoldo, onde trabalham aproximadamente 2,2 mil colaboradores.

Fonte – BVMI – Licio Melo – Gabriela Alcantara – Sílvia Lago/Secom

Dica do BVMI – Trabalhe na Stihl do Brasil, acesse “TRABALHE CONOSCO”, veja as oportunidades em aberto, cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: