Ternium confirma investimento de US$ 1,1 bilhão no México

Empresa também vai investir US$ 90 milhões em nova unidade na Colômbia

A companhia ítalo-argentina Ternium, controlada pelo grupo Techint, confirmou ao BVMI que investirá US$ 1,1 bilhão na instalação de um novo laminador de tiras a quente no México – que irá otimizar sua produção de aço acabado na região.

O projeto, localizado no centro industrial Pesqueria, no México, terá capacidade de produção de 3,7 milhões de toneladas ao ano e deve se tornar operacional até a segunda metade de 2020. O plano inclui ainda a opção de aumentar a produção no futuro em mais 1,1 milhão de toneladas, com pequenos investimentos.

Daniel Novegil é o Presidente da Ternium.

Daniel Novegil é o Presidente da Ternium.

“O investimento vai constituir um grande avanço tecnológico para a capacidade de produção de aço do México, permitindo a expansão da variedade de produtos da Ternium, com o objetivo de substituir os produtos importados de alto valor”, afirmou a companhia, em comunicado.

Segundo o presidente da Ternium, Daniel Novegil, o novo laminador também é um passo lógico para a siderúrgica após a aquisição recente da CSA [que faz placas, pertencia à Thyssenkrupp e fica no Rio de Janeiro], no Brasil.

“O novo equipamento, assim que se tornar operacional, vai ser integrado ao sistema de produção de aço da Ternium no Brasil.”

A companhia também anunciou uma nova unidade de produção no norte da Colômbia, com capacidade de produção de 520 mil toneladas ao e um investimento total de cerca de US$ 90 milhões. A nova instalação colombiana será concluída até a segunda metade de 2019, informou.

Com uma capacidade de produção anual de aproximadamente 11 milhões de toneladas de produtos acabados de aço e 16.700 funcionários, a Ternium tem centros de produção localizados no México, na Argentina, na Colômbia, na Guatemala, nos Estados Unidos, bem como uma rede de serviços e centros de distribuição na América Latina. Além disso, Ternium participa do grupo de controle de Usiminas, uma empresa siderúrgica brasileira.

Fundada em 1961, a Ternium é uma empresa familiar controlada pelo empresário argentino Paolo Rocca, detentor de 70% das ações. Apesar de sua origem argentina, a empresa possui sede tributária e comercial em Luxemburgo. Em 2016, a Ternium obteve um lucro de US$ 707 milhões, aumentando em quase 11 vezes os US$ 60 milhões obtidos em 2015.

Fonte – BVMI – Licio Melo – Paula Selmi/Valor

Dica do BVMI – Trabalhe na Ternium, acesse “Recursos Humanos”, veja as oportunidades em aberto, cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: