Trumpf vende R$ 127 milhões em 2017 e dobra meta

Em meio a crise brasileira a multinacional alemã dobra sua meta de vendas industriais no País

A companhia alemã TRUMPF que oferece soluções de fabricação nas áreas de máquinas-ferramenta, lasers e eletrônica irá fechar seu ano fiscal de 2017, que termina em junho, com um crescimento de 100% em suas vendas industriais.

Estão sendo fechados em seu balanço cerca de 33 milhões de euros em vendas apenas no mercado brasileiro, o equivalente a cerca de R$ 127 milhões. Ainda que cerca de 50% abaixo da média, o número demonstrou alguma tração nesse mercado que é um dos mais atingidos pela recessão dos últimos dois anos.

De acordo com o especialista em vendas industriais Licio Melo, as empresas que atuam no setor de máquinas-ferramenta com ênfase em alta tecnologia e vendas consultivas, possuem longos ciclos de negociação, por isto necessitam reformular todo seu processo comercial caso desejem obter êxito como a TRUMPF. O consultor reafirma que a companhia que vende no mercado industrial precisa urgentemente rever todo o seu conceito de gestão se quiser garantir resultados positivos.

Licio afirma que o agronegócio é o setor com garantia de lucratividade no médio prazo.

Licio afirma que o agronegócio é o setor
com garantia de lucratividade no médio prazo.

Segundo ele é preciso trabalhar o mercado industrial baseado fortemente em pró-atividade e inteligência de mercado com técnicas não ensinadas através dos meios convencionais. Ele confirma que os clientes de seu portfólio atualmente estão trabalhando de forma pesada na prospecção industrial, centrando esforços no trabalho de inteligência de mercado do agronegócio. Licio finaliza afirmando que este setor é um dos poucos a terem a sua disposição boas linhas de crédito e um horizonte com excelentes perspectivas de lucratividade no médio prazo.

A TRUMPF em sua participação na Expomafe deste ano, na área de manufatura aditiva, apresentou a TruPrint 1000 que foi a grande atração em seu estande. A impressora 3D utiliza o processo Laser Metal Fusion (LMF), onde a peça é construída camada por camada a partir de um substrato coberto por pó.

Todos os componentes são integrados em uma estação de trabalho compacta: unidade laser, óptica, câmara de processamento, unidade de filtro e unidade de controle. Peças pequenas, como próteses dentárias e de quadril, moldes e protótipos médicos e peças da indústria aeroespacial, por exemplo, podem ser construídas a partir dessa técnica, com ganhos de eficiência.

João C. Visetti é o Diretor-Presidente da TRUMPF Brasil.

João C. Visetti é o Diretor-Presidente da TRUMPF Brasil.

De acordo com João C. Visetti que é diretor-presidente da companhia, esse mercado alcançará seu auge quando as pessoas vislumbrarem o potencial e a liberdade de projeto que a manufatura aditiva oferece e utilizarem estas vantagens: “As peças ainda são fabricadas em maior tempo se comparado a métodos tradicionais, mas possibilitam a inclusão de estruturas ou cavidades internas proporcionando uma redução de peso que, dependendo do caso, pode ser maior que 30%. Além disso, o processo de manufatura aditiva reduz totalmente o risco de porosidade na peça, graças ao uso do laser”, afirma.

Atualmente a TRUMPF tem mais de 11.000 funcionários e fechou vendas de 2,81 bilhões de euros. Com mais de 70 subsidiárias, o Grupo está representado em quase todos os países da Europa, Norte e América do Sul e Ásia. Possui instalações de produção na Alemanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Áustria, Suíça, Polónia, República Checa, EUA, México, China e Japão.

A companhia alemã comemora, em 2017, 36 anos de presença no mercado brasileiro. Com sede em Barueri, a empresa possui uma operação solidificada e com abrangência para prover assistência técnica a seus clientes em diferentes regiões, sendo responsável também em dar suporte às operações na América do Sul. Em 2014, a unidade brasileira atingiu o marco de 1500 máquinas vendidas em território nacional.

Fonte – BVMI – Leandro Munhoz

Dica do BVMI – Trabalhe no Grupo TRUMPF, acesse “Você pode se candidatar da seguinte maneira” e cadastre seu CV, desejamos a todos boa sorte nos negócios e em seu processo de recolocação!

#industrialsales
#vendasindustriais
@LicioMelo

Compartilhe essa notícia com seus contatos: